ÚLTIMAS NOTÍCIAS

quinta-feira, 24 de maio de 2018

ALTA NOS COMBUSTÍVEIS: Em 4º dia de protestos, caminhoneiros realizam bloqueios em quatro rodovias do CE; veja trechos

Com bloqueios em dez trechos, a movimentação segue intensa nas BRs 116, 22, 304 e 020

    Foto: Américo Souza)

A greve de caminhoneiros contra os preços elevados de combustíveis, em especial do diesel, segue pelo quarto dia seguido nas rodovias cearenses. Com bloqueios em dez trechos, a movimentação segue intensa nas BRs 116, 22, 304 e 020. O último bloqueio foi confirmado em Sobral, na BR-222, km 249.

O maior protesto acontece em Chorozinho, no km distante 64,1 km da Capital, com cerca de 800 caminhões distribuídos em seis quilômetros de extensão. Os impedimentos continuam parciais. Flávio Maia, inspetor da PRF e chefe da Comunicação Social da Polícia, comenta que, em Canindé, o bloqueio chegou a ser total, mas logo voltou a deixar passar cargas vivas, alimentos perecíveis e carros pequenos.

+ Confira em tempo real os bloqueios de rodovias pelo Brasil

No km 18, em Eusébio, a Polícia Rodoviária informa que há dois quilômetros de congestionamento. O engarrafamento na região é intenso nesta manhã de quinta. Só na BR-116, são seis dos nove bloqueios. Esta rodovia concentra o maior número de cargas que vêm de São Paulo e outras capitais.
Américo Souza, professor da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), que fica em Redenção, teve seu trajeto diário alterado. "É um trecho de uns 11 km. Em geral, faço esse caminho em 8 ou 9 minutos, mas fiquei 52 minutos.", comenta.

A PRF informa que tem equipes em quase todos os pontos de protesto e trabalha para harmonizar e evitar conflitos nas manifestações para garantir a fluidez do trânsito. 

Confira trechos bloqueados:

BR-116, km 18, Eusébio
BR-116, km 70, Chorozinho
BR 116, Km 545, Penaforte
BR 222, km 334, Tianguá
BR 116, km 250, Alto Santo
BR 116, KM 168, Russas
BR 116, km 215, Tabuleiro do Norte
BR-304, km 47, Aracati 
BR-020, km 308, Canindé  
BR-222, km 249, Sobral 


Fonte: O Povo/ MATHEUS FACUNDO

Nenhum comentário: