ÚLTIMAS NOTÍCIAS

quinta-feira, 24 de maio de 2018

CARIRI: Polícia Civil prende dois suspeitos de praticarem estupro na cidade de Jardim

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Municipal de Jardim, realizou duas prisões, na tarde dessa terça-feira (22), na cidade de Jardim – Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19). Dois homens foram capturados suspeitos de estupro de vulnerável, após cumprimento de mandado de prisão. Policiais civis elucidaram dois casos de estupro de vulnerável, sendo um deles recorrente. Após denúncias, investigações e coletas de materiais, os agentes de segurança capturaram dois suspeitos de praticarem atos ilícitos com menores. Uma das prisões contou com o apoio da Polícia Civil de Pernambuco (PCPE)

Um homem de 23 anos (23) foi indiciado por dois crimes de estupro de vulnerável, em concurso material, praticados contra uma criança de nove anos. O menor chegou em casa com uma quantia em dinheiro. De acordo com as investigações, a mãe da vítima estranhou e questionou seguidas vezes do que se tratava o dinheiro. A criança confessou que recebeu o valor após ter sido abusada sexualmente pelo vizinho. Conforme levantamentos policiais, o ato aconteceu duas vezes, em dois locais diferentes, próximo a casa da vítima.

Em uma das investidas do suspeito, o menor ficou com o short sujo de material genético do homem. A partir daí, a mãe do menor foi até a delegacia denunciar e explicar o fato. A peça de roupa foi apreendida e levada para o Núcleo da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) de Juazeiro do Norte. De lá, o material recolhido foi encaminhado para a unidade de Fortaleza, que realizou a coleta e a análise do material genético encontrado na peça de roupa. O laudo pericial atestou a presença de material genético do suspeito. Após confirmação do laudo, o suspeito foi preso na residência dele. A prisão foi cumprida na terça, pela equipe de policiais civis do município de Jardim. O preso encontra-se recolhido à cadeia pública local e à disposição da Justiça.

Segundo caso

Conforme apuração das equipes policiais, um homem de 57 anos foi passar uns dias com seus familiares em uma localidade vizinha a Jardim, em decorrência das festividades da Semana Santa. Em um almoço em família, ele teria pedido para ir em casa para trocar de roupa e voltar para a comemoração. Ainda de acordo com os levantamentos policiais, no mesmo momento, a vítima, uma criança de 12 anos, havia se dirigido para fora da casa para brincar de bicicleta. A mulher do suspeito estranhou a ação e disse que voltaria, em breve, quando decidiu ir à residência. Em depoimento, a mulher disse que ao chegar ao local, ela viu seu marido se despindo e a menor no chão sem a parte de baixo da roupa, chegando a tempo de impedir o ato.

Após o ocorrido, a mulher não voltou para a ceia em família e tão pouco comentou do caso. Passaram-se alguns dias e ela contou o que havia acontecido para seus filhos, os mesmos acabaram comentando com outros parentes, e a história chegou aos ouvidos da mãe da vítima. Meses depois do ocorrido, a mãe da criança, que é moradora da cidade Moreilândia, Pernambuco, foi até a delegacia em território pernambucano e relatou todo o caso para o delegado titular da unidade.

Com informações que o investigado planejava fugir, a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) entrou em contato com a PCCE. Os policiais civis da unidade de Jardim conseguiram capturar o homem, na casa de um parente, que reside próximo a ele, em um sítio. O homem, que é suspeito de praticar estupro de vulnerável tentado, não tinha passagem pela Polícia. Ele foi preso e conduzido à cadeia pública local.

Fonte: SSPDS

Nenhum comentário: