ÚLTIMAS NOTÍCIAS

domingo, 13 de maio de 2018

CRIME: Enfermeira do Samu é assassinada em São Paulo; filho é suspeito

(Foto: Reprodução / Facebook)


Enfermeira que trabalhava no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi assassinada dentro da própria casa na cidade de Peruíbe, no litoral de São Paulo, nesta quinta-feira, 10. Após investigações prévias, a Polícia suspeita do filho da vítima, que foi detido provisoriamente.

Priscila Coral Ramalho, de 38 anos, foi encontrada ainda com vida pelo marido e chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. As informações são do portal G1.

De acordo com o registro oficial da ocorrência, o marido da vítima saiu de casa pela manhã, para trabalhar e deixou Priscila e seu enteado dormindo. Ao retornar, por volta de meio-dia, procurou pela esposa na casa e só foi encontrá-la caída no chão do box do banheiro inconsciente.

O marido tentou reanimá-la, mas não teve sucesso, só depois acionou o Samu. A causa da morte ainda não foi definida. Os policiais civis encontraram sangue no banheiro e os móveis da casa desarrumados.

O filho da vítima, de 18 anos, ao ser questionado pelos investigadores se comportou de maneira "confusa e contraditória", afirmam as autoridades. No jovem também haviam marcas de arranhões no rosto e braço, o que aparentava ser por causa de luta corporal.

O rapaz então foi detido por suspeita de participação no assassinato e permanece preso na Cadeia Pública de Peruíbe, onde aguarda audiência de custódia.
Redação O POVO Online

Nenhum comentário: