ÚLTIMAS NOTÍCIAS

quarta-feira, 23 de maio de 2018

HOMICÍDIO: Agricultor foi morto com tiro de arma de grosso calibre em Lavras da Mangabeira

Assassinato de Andrei está sendo investigado pela Polícia Civil de Lavras (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Quase três semanas após um novo homicídio foi registrado em Lavras da Mangabeira se constituindo no segundo do mês de maio e o quinto de 2018 no município ou 41,66% em relação aos 12 assassinatos registrados no decorrer do ano passado. Por volta das 07h30min o agricultor Andrei Germano de Medeiros, de 40 anos, que residia na Rua Xavier Ângelo, foi executado com um tiro de espingarda de grosso calibre.

Ele chegava na sua propriedade no Sítio Espraiado quando foi surpreendido por dois homens encapuzados que efetuaram os disparos. O pai dele, Sebastião Santiago de Medeiros, e uma irmã de nome Andreia Medeiros foram assassinados em 1988 após discussões por motivos políticos. Algum tempo depois, Andrey atirou num tio seu em virtude de disputas por terras o qual trabalha como caminhoneiro e escapou após ser submetido a uma cirurgia no hospital indo embora para São Paulo, onde residia. Andrey respondia ainda procedimento por porte ilegal de arma de fogo.

O outro homicídio deste mês em Lavras da Mangabeira tinha ocorrido na manhã do dia 2 com o achado, em um matagal às margens da BR-230 no Sítio Carnaubinha (Distrito de Mangabeira), do cadáver do ex-presidiário Cícero Dourado França, de 42 anos, o "Cícero da Pazinha". Ele morava na Rua Horácio Tavares, 20 (Bairro Cruzeiro) e apresentava marcas de perfurações à bala. A vítima respondia por crimes de tráfico de drogas, assaltos, formação de quadrilha e tinha sido raptada na anterior de sua casa.

Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Nenhum comentário: