ÚLTIMAS NOTÍCIAS

segunda-feira, 14 de maio de 2018

NO BRASIL: Pente-fino no INSS detecta até 'cego' que é motorista

A Operação Pente-fino, iniciada em agosto de 2016 pelo Ministério do Desenvolvimento Social com o objetivo fazer uma varredura nos auxílios-doença e aposentadorias por invalidez junto aos beneficiários que ficaram pelo menos dois anos sem passar por perícia médica, já encontrou situações absurdas.

Entre os casos, um homem que se acidentou e virou cadeirante por um tempo já conseguia correr os 42,2 quilômetros de uma maratona esbanjando disposição física. Em outro caso, um "cego" com carteira de motorista dirigia seu carro livremente pelas ruas. Há também uma gravidez de risco que durou cerca de dez anos.

"Encontramos pessoas absolutamente saudáveis no momento da perícia, que tinham direito ao benefício no momento em que foi concedido, mas que se acostumaram e se acomodaram nessa situação", afirmou Alberto Beltrame, ministro do Desenvolvimento Social, no dia 12 do mês passado, quando apresentou um balanço da operação.

Entre outros abusos, ele citou casos de aposentados por invalidez como o de uma técnica de enfermagem que faltou à perícia porque o atendimento coincidia com seu horário de trabalho e o do porteiro de um clube que foi reconhecido pelo perito.

Portal Ceará Agora/ Com informações do Agora São Paulo

Nenhum comentário: